#simcomcerteza
e-mail: contato@simagenciadeviagens.com.br

CERTIFICADO CADASTUR – AGÊNCIA DE TURISMO  –  26.070733.10.0001-3

Enxoval de Bebê nos EUA

Texto da Camila Donati - @camila.donati (life coach)

Esse post tem a intenção de ser mais informativo do que os outros, principalmente porque com ele eu quero ajudar outras mães que pretendem fazer o enxoval de seus filhotes fora do Brasil.

Eu descobri que estava grávida do Bernardo no dia 25 de Março de 2016 (já com 6 semanas), mas só consegui pensar na gravidez a partir do dia 10 de Abril (em breve eu conto o porquê) e uma das primeiras decisões que eu precisei tomar foi: Vamos fazer o enxoval do Bê nos EUA ou não?

Em qual fase da gravidez é melhor para viajar?

 

Coloquei essa decisão como prioritária porque não é indicado que a mãe faça viagens internacionais no último trimestre da gestação por diversos motivos, tipo: 1- Risco de ter alguma complicação e precisar ficar de repouso; 2- Risco de parto prematuro; 3- Risco de não estar tão disposta, enfim… A gravidez é uma caixinha de surpresa e quanto mais perto da hora do parto chegamos, mais cuidados precisamos ter.

 

Mas nãoooooo, gravidez não é doença, peloamor!

 

Assim como não é indicado fazer o enxoval no primeiro trimestre. Sabia que é muito comum sofrer um aborto espontâneo até a 12ª semana de gestação? Isso acontece geralmente por má formação do feto logo no início das multiplicações celulares…

 

Esse é um dos motivos, mas o outro é que geralmente as novas mães não se sentem muito bem nesse período, conhecido como o período do enjôo. Então, é melhor esperar essa fase turbulenta passar e ter certeza de que a gravidez vai acontecer (por mais horrível que pensar assim possa parecer) antes de se preparar para fazer a viagem.

 

O meu período ótimo (Segundo trimestre) para viagens cairia justamente na ALTA TEMPORADA (meio do ano) e eu já estava um pouco assustada com o preço do dólar na época (paguei 3,70), então tive que correr com a viagem para que acontecesse na primeira metade de JUNHO – se fosse acontecer – para não pagar mais caro em Julho e Agosto.

Vale a pena mesmo fazer o enxoval fora do Brasil?

 

Para tomar a decisão de ir eu comecei a visitar todas as lojas de bebês que eu conhecia para avaliar alguns itens principais. Dizem que o carrinho, o bebê conforto e a babá eletrônica são os itens mais caros de um enxoval e fazem valer a pena a viagem.

 

Fui avaliar esses itens e realmente me assustei, pois os carrinhos que me “agradavam” (já explico o porquê das aspas) já com o kit viagem, ou seja, com bebê conforto, custavam mais de R$ 6.000,00.

 

E olha que eu coloquei AGRADAVAM entre aspas porque eu ainda não havia me apaixonado por nenhum. E sim, eu estava em busca de uma paixão nesse item, confesso. Sou muito prática para muitas coisas, mas eu sonhava com o carrinho do meu bebê, dá licença. (Já falo do carrinho mais pra frente, nesse post, para não perder o foco do tópico).

 

Bom, mas enxoval não é composto somente de carrinho, bebê conforto e babá eletrônica. Nele ainda temos uma lista imensa de roupinhas e de produtos (brinquedinhos, acessórios, produtos de higiene, mamadeiras, absorvente de seio (?) e mais uma infinidade de coisas).

 

Nas lojas em que eu ia visitar aqui no Brasil eu sempre olhava as roupinhas. A grande questão nesse item é que um bebê vai sujar praticamente todas as roupinhas que ele colocar de cocô, xixi, vômito, baba ou suor… e vamos trocar o bebê de roupa no mínimo 3 vezes ao dia (eu disse mínimo, pois tem uma amiga que troca o bebê de roupa 3 vezes só durante a noite).

 

Agora pensaaaaaaaaaaaaa no tanto de roupa básica (bodyzinho, macacãozinho, calça , etc.) que temos que comprar para cada fase e quantas vezes vamos lavar essas roupas! Todo dia tem que lavar roupa de bebê para conseguir usar de novo logo, senão tem que ter um estoque interminável de roupinhas (e isso custa).

 

Pensei: Se eu comprar coisa de qualidade questionável não vai durar! Sem contar que alguns tecidos dessas roupinhas básicas que eu via aqui no Brasil eram horríveis, duros, daqueles que certamente iam incomodar o bebê, que já tem a pele super sensível.

 

Mas eu só pensei em tudo isso porque eu quero usar essas roupinhas não só no Bernardo! Se fosse só pra ele, na velocidade que um bebê cresce e perde as roupinhas, acho que até dava para comprar roupa que não dura (apesar de me incomodar com a qualidade dos tecidos de algumas, mas enfim…)

 

Claro que tem coisa boa aqui no Brasil, mas custa! Se 1 body de qualidade questionável custava em torno de 20 reais (CADA), imagina um de boa qualidade. Vamos fazer as contas com 5 bodies em cada fase pra facilitar:

  • 1 body de qualidade questionável = 20 reais

  • 5 bodies = 100 reais

  • 10 bodies por fase = 200 reais

  • 5 fases (RN, 3M, 6M, 9M, 12M) com 10 bodies cada = 1.000,00 

 

Na Carters (EUA) os conjuntos com 5 bodies custam entre 13 e 21 dólares, sendo que é muito fácil encontrar esse item em promoção por lá. Eu paguei 3,70 no dólar e paguei muito bem nos conjuntos de body (em média 10 dólares = R$ 37,00), logo:

  • 10 bodies por fase = 74,00

  • 5 fases (RN, 3M, 6M, 9M, 12M) com 10 bodies cada = 370,00

 

Ou seja, eu gastaria menos da metade do valor tendo MUITO MAIS QUALIDADE! 

 

Pra ser sincera, depois disso eu nem fiz muita conta! Um item super básico do enxoval de roupinhas valia MUITO a pena e o item mais caro do enxoval também… Dei uma olhada por cima no preço do resto e decidi: VALE A PENA! kkkkkkk

 

Mentira… depois de fazer um pouco de contas eu aproveitei a experiência de amigas que já tinham ido – e todas disseram que valia a pena, inclusive aquelas que fazem planilha de gastos e incluem o preço do cafezinho!

Agência de viagem sim, senhor(a)! E não me arrependo.

 

Eu só precisava saber quanto ia me custar a viagem em si (hospedagem, passagem, aluguel de carro, alimentação, etc…) e para isso eu contei com a competência das meninas da SIM Agências de Viagens.

Hoje em dia é muito fácil viajarmos sozinhos, não é? É só entrar no Booking, no TripAdvisor, e em todos aqueles outros sites que conhecemos para descobrir ofertas incríveis de hóteis, passagens, passeios, etc. e PUMBA!

 

Mas eu queria assistência dessa vez! Não era uma viagem qualquer e eu estava sem tempo de ficar pesquisando mil e um fatores sobre hotéis, categorias de carro para alugar, etc… Chegando lá eu só queria me preocupar com o enxoval. Nessas horas é MUITO bom poder contar com alguém e as meninas da SIM (Sonhos inspirando momentos) são impecáveis.

 

E tem um detalhe MEGA importante nisso tudo! Viajar com agência não sai mais caro pra gente! Isso mesmo!!! Nesse caso foi ainda o contrário (saiu mais barato) porque elas conseguiram achar um hotel exatamente com tudo o que eu queria e no valor que eu queria gastar!

 

Digo isso porque eu me interessei por umas promoções super legais que eu via no Booking e cheguei até a selecionar datas e avançar na reserva do hotel pelo site, mas no final o preço saía muito mais caro e a promoção que dizia que a diária custaria USD 200 (fictício), saía mais de USD 300 fácil!

 

Façam o teste e fiquem atentos! Avancem na seleção dos hotéis e quando chegar a hora de escolher forma de pagamento, divida o valor total por número de dias e veja o verdadeiro valor da diária.

 

Elas encontraram um hotel que eu AMEI (Residence Inn Lake Nona). Era afastado da muvuca, em um lugar extremamente relaxante, tinha piscina, academia, estava sempre tocando música legal… Só nós estávamos lá para fazer compras (muambeiras kkkkk), enfim… a gente passava o dia inteirinho batendo perna e a noite chegávamos para relaxar no nosso cantinho afastado de tudo! Foi maravilhoso!

E quanto a região de Lake Nona, pouco conhecida pelos turistas, veja o que o pessoal do Viver em Orlando fala sobre a região. O carro que alugamos resolveu muito bem a distância até a International Drive e Malls… era o tempo de tomarmos nosso Frapuccino do Starbucks (que pegávamos no hotel antes de sair) 

 

Eu recomendo muito esse hotel que ficamos e a SIM para ser a agência de vocês! Pode falar com a Débora ou com a Bruna que não tem erro!

ANOTA AÍ – Dicas: Para quem vai fazer enxoval é importante ficar em um hotel (1) SEGURO, que (2) ACEITE encomendas sem cobrar por isso e (3) que não cobre ESTACIONAMENTO! 

(1) Não foi tão fácil encontrar um hotel sem reclamações de roubo em Orlando (dentro dos quesitos que eu queria) e para isso recomendo uma leitura minuciosa nas avaliações do TripAdvisor depois que escolher o hotel…

 

(2) Enviem um e-mail para o hotel escolhido perguntando sobre a política de recebimento de mercadorias e quando receber a resposta dizendo que não não cobram para receber, GUARDE o e-mail como comprovante e o tenha em mãos durante sua estadia.

 

(3) Se vai alugar carro, cuidado com os preços cobrados pelas diárias dos carros nos hotéis. Você pode achar besteira, mas isso pode encarecer – e muito – sua viagem!

 

Quanto custou a viagem em si?

Bom, fomos em 3 pessoas: eu, minha mãe e minha irmã!

 

E aqui eu PRE-CI-SO fazer um parênteses para falar sobre um dos grandes motivadores dessa viagem: uma viagem com elas! Nós 3 nunca havíamos viajado sozinhas, pois sempre estivemos em companhia de namorados, maridos ou do restante da família em nossas viagens.

 

Já há algum tempo falávamos sobre uma viagem das 3 mulheres, mas ainda não tinha saído do papel (ou ido para o papel, rs). E de repente o Bernardo surgiu na história e eu percebi que essa viagem teria que ser bastante adiada depois que ele nascesse… E tanta coisa poderia acontecer até lá!

 

Bom, liguei pra elas (eu ainda morava em Campinas e elas em Ribeirão) e falei dessa minha vontade de (1) fazermos a nossa viagem a três e (2) vivermos esse momento tão especial juntas. E elas toparam – e o maridão também topou não ir!

Nós 3 e o Bê (MUITO AMOR)

Custos da viagem:

  • Hotel para 3 (por 5 dias) = R$ 2.214,00

  • Passagens= R$ 715,00 por pessoa (taxa de embarque ida e volta + Up na poltrona)

 

Obs.: Usamos MILHAS!

 

– Gastamos com taxa de embarque e aproveitamos para comprar aquela poltrona maior da Azul sabe? VALE MUITOOOOO A PENA! Toda vez que a gente ia andar pelo avião e passava pelo fundão a gente entendia a diferença! kkkkkkk

  • Seguro = R$ 216,00 por pessoa

  • Carro (por 5 dias) = R$ 800,00

Obs.: IMPORTANTE!!! Para retirar o carro alugado é preciso deixar um caução e eles aceitam cartão para isso! Porém, só aceitam o cartão se estiver no nome da pessoa que está no contrato do aluguel.

 

No meu caso, eu só levei cartão do meu marido (o meu não tem limite mesmo kkkkkkkkkkkk) e eles não aceitavam nem o da minha mãe, nem da minha irmã, enfim… Tivemos que deixar 350 dólares em dinheiro, que eu só retirei na hora de ir embora (e não pude usar no enxoval, sendo que o dinheiro estava contado).

Mas dava pra ter sido mais barato, ok? Era só ter ido na poltrona normal do avião, economizado no hotel e ido em 2 pessoas! Mas não era esse tipo de viagem que eu queria…

A melhor decisão da minha viagem

 

Mas eu preciso compartilhar com vocês a melhor decisão da minha viagem todinha:

 

Contratar uma ASSESSORA DE ENXOVAL (Personal Shopper)

 

Antes de contar tudo o que ela fez por mim eu já vou direto acalmar os escorpiões que podem existir no seu bolso para dizer que VALE A PENA FINANCEIRAMENTE.

 

Eu paguei USD 550,00 pela assessoria e só de desconto nas lojas em que fomos eu ganhei mais do que USD 480,00. Oi? Tá “Serto” isso? Simmmmmm, e olha que ainda faltou contabilizar uma conta (que agora eu perdi) e esses 480 teriam ido pra mais de 500 fácil!

 

Em primeiro lugar, eu contratei a Priscila Goldenberg ( www.pgoldenberg.com ) e a consultora que me atendeu em Orlando foi a Renata Batalha (IG: renata_batalha). A Renata mora em Orlando e, se não me engano, todas as consultoras moram em Orlando, Miami ou Nova York, que são as cidades que elas atendem pessoalmente.

 

A decisão

Eu fiquei bastante relutante em contratar esse serviço no início, pois apesar de ser mãe de primeira viagem (não conhecia nadaaaaaaaaaa desse universo) e não ter ninguém perto de mim passando pela mesma fase (irmã, prima, amiga próxima), eu achava que seria um exagero – meu marido também (novidade! kkkkkk). Porém, ao mesmo tempo, eu estava super insegura em fazer sozinha.

 

Pedimos listas de enxovais de amigos dos amigos dos amigos, que haviam passado por isso e tentei fazer a nossa – Não deu certo, pois cada um achava que precisava de uma coisa diferente, as quantidades eram bem diferentes, etc…

 

Comecei a ler Blogs e instas sobre o assunto e me sentia uma E.T. tentando entender qual das opiniões eu devia levar em consideração.

 

Por isso chegou o momento que eu pensei: se eu tiver que ouvir uma opinião e confiar 100% será a de uma especialista!!! E as meninas que fazem essas consultorias são especialistas, já fizeram centenas de enxovais, já receberam feedback sobre quantidades, qualidades e preços de clientes que já passaram por elas, enfim… Não tinha como errar.

 

Ouvi o que eu precisava ouvir de uma amiga do Crossfit (Carol): Você vai receber praticamente todo o seu dinheiro de volta em desconto e em tempo! UHUUUUUU, definido!

Pra fechar com chave de ouro, minha mãe quis me presentear com a consultoria (fofa) e eu aceitei! Pronto.

 

DETALHES

A consultoria que eu escolhi foi a completa, ou seja: Consultoria pré-viagem, lista personalizada e 2 dias de compras (1 dia só para produtos e 1 dia só para roupinhas). E eu garanto que é essa que vale a pena.

Vejam mais detalhes AQUI.

 

Passo 1:

Ainda no Brasil, com bastante antecedência, a Renata (minha consultora) agendou uma reunião por Skype comigo que durou mais de 2 horas. Ela já havia me enviado, por email, a lista de compras de roupinhas e de produtos para eu ir me familiarizando (socorro): Pensa em duas planilhas infinitas de Excel (que eu amo), com nomes estranhos, itens que eu nem sabia pra que serviam, enfim…

 

Nessa reunião por Skype ela passou item a item comigo, explicando o que era, pra quê servia, quando usava, o que poderia substituí-lo (se eu não quisesse comprar), qual era o preço dos itens no Brasil (pelos feedbacks que ela ouvia das clientes recentes), enfim, ela já começou a me ensinar a ser mãe e eu fiquei encantada 

 

Como eu fui em Junho (calorão em Orlando), a Renata ainda me passou links da Amazon, Gap, Polo, Old Navy, Oshkosh e outras com itens de inverno que eu não encontraria nas lojas nessa época, para que eu pudesse comprar (com desconto) e mandar entregar no endereço dela e ela me entregaria quando eu chegasse lá.

 

Não só isso, mas itens que estavam valendo mais a pena comprar pela internet no Walmart, na Amazon e em outros sites do que nas lojas físicas, como uma promoção da Avent que vinha o esterilizador + 5 mamadeiras + 2 chupetas, etc… por USD 39,00 + taxas.

 

Bom, finalizado esse passo nós havíamos personalizado toda a minha lista e eu já comecei as compras online para dar tempo de chegar para a Renata em tempo.

 

Passo 2:

Chegando em Orlando, ela não me buscou no hotel (mas buscaria se eu quisesse) e nos encontramos na TOYS R US para o primeiro dia de compras com foco em PRODUTO!

 

Gente, comprar produto é uma loucura. Se não fosse a Renata eu não sei o que faríamos porque eu não tinha a menor ideia do que era importante comprar, do que usava ou não… e aquela loja era imensaaaaaaaa, além de ter coisinhas lindas. Tudo de bebê é lindinho, dá vontade de comprar tudo…

 

Você começa a sonhar e se imaginar vivendo aquele momento em que você coloca o babador no seu filho para ele comer 10% do que está no prato, derrubando os outros 90% kkkkkk Por isso tem um babador com “cestinha”. E o famoso aviãozinho que não precisa mais ser imaginado porque as colheres já vem no formato de avião (e trem).

OU aquele momento do banho, com mil brinquedos flutuando na banheira, bolhas voando, seu bebê gargalhando, você toda molhada e achando lindo, uma musiquinha tocando… aqueles bracinhos cheios de dobras aprendendo a brincar com a água. E de repente seu sonho está todo lá e você pode escolher com quais brinquedos seu filho vai brincar.

 

E aquele momento de escovar o dente: quanta disciplina. E para isso tem uma escova especial que te permite ajudar seu filho enquanto ele escova o próprio dente e você pensa: EU PRE-CI-SO disso!

 

Bom, depois da TOYS R US fomos para a Macro Baby e finalizamos o dia de compra de produtos. Na Macro Baby eu comprei meu tão sonhado carrinho e todos os outros itens que estavam mais baratos lá do que na TOYS R US (a Renata sabia disso).

 

Jajá eu conto do carrinho!

Ficamos com a Renata das 10h00 às 16h00 nesse primeiro dia, sem perder o foco! Imagine que ela tinha uma prancheta, com minha lista personalizada e ela ia dizendo assim:

 

Camila, agora eu preciso que você escolha 3 cobertores X;
Camila, agora eu preciso que você pegue 2 caixas de Y;
Camila, isso é mais barato no Brasil, não precisa…;
Camila, isso você pode comprar no Walmart depois (e anotava na lista pra mim);
Camila, disso você não precisa;
Camila, minhas clientes gostam mais dessa marca do que dessa por tais motivos;
Etc…

 

E o taaaaaanto que ela foi importante para me ajudar a escolher o carrinho! Juro que eu quase morri nesse item e dei MUITO TRABALHO na escolha!

Saindo da MacroBaby (e o carro já estava lotado de compras da Toys R Us)

 

Passo 3:

No segundo dia fomos comprar as roupinhas!!! Aiiiiii que tentação! Imaginar que dentro daquelas coisinhas minúsculas estaria o meu amorzinho logo logo… Pirei, né? E é aí que mora o perigo, a gente se descontrola.

 

Primeira loja: CARTERS. Chegamos lá e a Renata já estava com uma arara móvel cheia de roupinhas penduradas. Minha missão: escolher dentre as que ela já havia escolhido! 

 

Então era assim:

— Camila, você precisa de 1 kit de body manga curta e 1 kit de body manga longa para a fase RN; As opções da loja são essas que eu separei para você; Qual deles você quer?

 

Idem para o tamanho 3 meses; Idem para 6 meses… etc… Bodies ticados!

— Camila, agora você precisa escolher 4 calças de algodão que combinem com os bodies de cada fase; As opções da loja são essas que eu separei antes de você chegar; Quais você quer?

 

Até que eu finalizasse a lista! Deixamos alguns itens para a Oshkosh e para a Gap… Depois eu ainda fui (sem a Renata, olha o problema anunciado) na Polo e na Tommy. Na verdade, o problema era estar sozinha com a minha irmã nessas lojas porque eu não tenho MATURIDADE para ver “Pólinhos” miniatura e nem elaaaaaaaaaa!

 

Funcionou mais ou menos assim: Peeeeeegaaaaaaaa uma pólinho de cada cor, pelo amor de Deeeeeeeeeusssssss!!! E divide entre as idades! Colete fofo? Pega! Calça de sarja com um cavalinho na bunda? Pega! Branca, azul, bege, vai pegando! Preciso? Não, mas pegaaaaaaaaa! kkkkkkkk Sapatinho para 3 meses… Vai usar? Não, mas pega porque é lindo de morrer! Entenderam o problema?

 

E quando eu queria me controlar minha irmã dizia: Mas Camila, olha isso! Pronto, era o suficiente para eu querer levar..

 

Gente, é sério! É tudo muito lindo! MUITO LINDO!

 

Eu vou mostrando as fotos das roupinhas do Bê aos poucos lá no meu Instagram (@camila.donati) quando eu estiver arrumando o quartinho dele. Principalmente se você estiver grávida de menino, fique de olho porque se eu engravidar de menina na segunda gravidez eu vou vender as roupinhas do Bê  

 

E meu filho que não ia mais se chamar João Pedro (o nome que sempre pensamos pra ele) porque chegamos a conclusão de que seria um menino muito coxinha, super engomadinho, de cabelo com gel estilo Macaulay Culkin (não sei porque pensamos isso, mas é a impressão que o nome passava pra gente), agora virou um João Pedro que se chama Bernardo kkkkkk!

 

ANOTA AÍ – Dica: Quando for comprar as roupinhas leve uma mala vazia (assim como aparece na foto de  quando eu estava na Carters) porque ao invés de colecionar sacolas pesadas, você consegue ir colocando tudo dentro da mala e ganha MUITO em espaço e praticidade para andar nos outlets!!!

Quanto custa fazer um enxoval completo nos EUA?

Dizem que você consegue fazer um bom enxoval com USD 3.000,00! Eu não consegui.

 

Mas isso eu já sabia que não ia conseguir desde que fiz a reunião por Skype com a assessora de enxoval que eu contratei (Siiiiiimmmm, eu contratei e contei tudo sobre isso ali em cima).

 

Eu não consegui por alguns fatores:

1- Perdi a cabeça dentro de lojas como Polo Ralph Lauren, Tommy Hilfiger, GAP, etc… Isso significa que comprei coisas além do que ele precisará para o primeiro ano de vida! O Bê nem nasceu e já tem a roupa que vai passar o Natal quando tiver 2 anos, pra vocês terem uma ideia.

 

2- Eu comprei um dos carrinhos mais caros que tinha na Macro Baby! Lembram que eu falei que eu queria me apaixonar por esse item??? Então, não consegui me apaixonar por nada que custasse USD 500 como era o programado! Eu me apaixonei por um que custava mais de USD 1.100,00 (Mais de 100% de diferença).

 

Acho que é isso! rs

 

Vejam os custos do enxoval (já com os descontos):

  • Carrinho = USD 1.054,00

  • Bebê Conforto (Nuna Mix – Pipa) = USD 260,00

  • Carters = USD 385,00

  • All Stars = USD 53,00

  • Tommy Hilfiger  = 284,00

  • Polo Ralph Lauren = 267,00

  • OshK0sh = 127,00

  • Gap = 232,00

  • Macro Baby (produtos) = 885,00

  • Toys R Us (produtos) = 818,00

 

Ficou assim:

Roupinhas = USD 1.350 (Reparem que 551 só na Tommy e na Polo com EXTRAS)
Produtos =  USD 1.704
Carrinho + Bebê Conforto = USD 1.315

Dica 1: Leve tudo sem culpa!!! Chegando no hotel, reveja toda a compra que você fez e separe o que quiser devolver e facilmente pegue seu dinheiro de volta em até 7 dias. Eu fiz muito isso e deu certo!

O tal do carrinho (My love)

Bom, como comentava acima, esse foi o item mais tenso de todo meu enxoval.

 

Lembro que eu assistia vídeos de demonstrações de carrinhos todos os dias no Youtube e comecei a ficar louca porque me apaixonava por vários ao mesmo tempo kkkkkk!

 

E a grande dificuldade é que eu começava a pesquisar qual tinha sido a escolha de algumas mamães perto de mim (tenho poucas) e longe de mim (Instagram, Facebook, etc…) e via que cada uma tinha escolhido um modelo diferente, por razões diferentes, e todo mundo tinha excelentes argumentos para defender suas escolhas. Daí pensei: Pronto, danou-se!

 

Eu tive que escolher alguns critérios que seriam importantes pra mim e fiquei com seguintes:

  • Peso = não importa (Sou da turma do crossfit kkkkkkkk);

  • Tamanho = Ainda nem sei qual carro vamos ter então não importa muito! Hoje tenho um Fiat 500 então tinha que ser um carrinho de brinquedo pra caber lá dentro kkkk;

  • Tem que ter moisés;

  • Tem que ser bonito (lindo, na verdade);

  • Tem que ter tipo PNEU ou uma roda bem resistente;

  • E tem que montar e desmontar fácil porque não tenho muita paciência

Quando sai do Brasil estava com 3 modelos por volta de USD 500 dólares em mente:

 

1- Nuna Mixx

Assista o vídeo do Nuna AQUI

2- Armadillo (Mamas & Papas)

Assista o vídeo do Armadillo AQUI

3- Stokke Scoot

Assista o vídeo do Scoot AQUI

 

Mas, chegando lá, pessoalmente, quando eu comecei a ver esses carrinhos eles eram bem diferentes do que eu imaginava! Acredito que grande parte da minha frustração veio desses vídeos mágicos e lindos sobre eles.

 

São ótimos carrinhos, mas são normais, sabe? E eu queria me apaixonar nesse item, como já disse pra vocês. Logo, me frustrei e me irritei com esses modelos. Acho que os mostruários da loja também não ajudaram muito porque alguns já estavam meio surrados, então não consegui me encantar de jeito nenhum (e jurooooooo que tentei).

 

Porém, ali na frente, em evidência, em cima de um pedestal, estava um carrinho LINDO! Passei por ele, me apaixonei, mas pensei: esse não é pro meu bico! E continuei olhando todos os outros carrinhos da loja… Mas não tinha jeito, aquele já tinha ganhado meu coração e eu ainda não sabia disso! Era o Cybex PRIAM! 

 

Eu fiquei um pouco desconfiada porque nunca tinha ouvido falar desse carrinho aqui nas minhas buscas antes de ir pra lá e estava longe de ser a escolha das brasileiras. Desconfiei, mas dei uma chance e resolvi conhecê-lo… e TCHÃ-RAN: ali estava meu escolhido!

– Olha essas rodas!!!! Comprei a ALL TERRAIN (Para todos)

– E esse design.. Meu Deus!!!!

– Fora que é 2 em 1 e tem o Moisés como eu sempre sonhei (viu gente, é sonho, não é questão de pura praticidade aqui).

– Você pega no carrinho e ele é maciço, sabe? Preenchido! Não é de plástico!

– Pra abrir e fechar parece brincadeira! Acho que até o Bê vai conseguir kkkkkkkk…

– É pesadinho (inho), but who cares????

– Ahhhh! E ele era o carrinho que aguentaria mais peso! Isso é um grande problema e eu nem me dava conta porque muitos carrinhos aguentam bebês até tipo 40 lbs (18kg) e esse aguenta até 55 lbs (25 kg). Tem bebês que são grandes, gente!

 

Assista o vídeo do Cybex Priam (montagem e desmontagem) AQUI

 

Eu já montei e desmontei de acordo com esse vídeo e é REALMENTE super fácil!

 

Fui descobrir que Cybex vem junto com “For all tomorrow people” e faz muito sentido! É uma marca que preza pela segurança em primeiro lugar, pela altíssima qualidade e funcionalidades inteligentes. Se quiser babar de vez entra no site deles:

http://cybex-online.com/en/pushchairs/priam.html

Enfim, gaXtei uma graninha eXtra, mas estou suuuuuuper feliz com a escolha! Sério! Fico andando com o carrinho sozinha no quarto (estou nesse nível de felicidade).

 

Ah, não vende ainda aqui no Brasil, então não consigo fazer uma comparação de preço pra mostrar pra vocês! Mas eu paguei USD 1.054 pelo Cybex PRIAM All Terrain 2 em 1 na cor Azul Navy (esse preço está com desconto).

Bom queridas mamães e futuras mamães, espero que tenham aproveitado o conteúdo do Post. Podem deixar suas dúvidas aqui nos comentários que vou respondendo na medida do possível!

 

Amigas que não estão grávidas, salvem esse post pro futuro (espero que próximo porque o Bê vai querer amiguinhos e amiguinhas logo, rs).

 

E COMPARTILHEM com quem possa se interessar hein? Toda grávida precisa de ajuda nisso!

Observação importante!!!!

Beijos nossos!